Como construir indicadores de desempenho para hospitais

A avaliação de desempenho de um hospital é fundamental para medir a qualidade da assistência prestada, os recursos disponíveis, os gastos, a satisfação dos pacientes, entre outros fatores. Os indicadores de desempenho para hospitais servem como um meio para acompanhar a sua produtividade, a partir das metas preestabelecidas, com a finalidade de identificar as oportunidades de melhoria contínua.

Esses dados fornecem uma síntese das informações disponíveis, proveniente de diferentes departamentos do empreendimento. Os principais métodos de medição do desempenho se dão por meio de inspeções, pesquisas de satisfação, auditoria de terceiros, além de outros indicadores estatísticos.

Com o aumento da demanda pelos serviços de saúde e a alta concorrência, as organizações desse segmento passaram a examinar com mais cautela seus indicadores para acompanhar se o seu hospital ou determinado departamento está alcançando os principais objetivos estratégicos.

Se você busca formas de acompanhar o progresso da sua organização, mas ainda não tem formas sistematizadas de mensuração, a seguir, apresentamos os principais indicadores de desempenho para hospitais e gestão que podem lhe ajudar nessa tarefa. Acompanhe!

Indicadores de desempenho para hospitais: operacionais

  • Taxa de ocupação: esse indicador apresenta o percentual entre o número total de pacientes atendidos e o de leitos disponíveis, em um determinado período de tempo. Ele demonstra a necessidade de mais ou menos espaço na organização.
  • Tempo de espera: demonstra o período médio que um paciente aguarda para ser atendido pelo médico para realizar um procedimento cirúrgico ou fazer um exame. Esse índice pode afetar significativamente o grau de satisfação do paciente.
  • Intervalo de substituição: demonstra o tempo médio que o centro cirúrgico fica ocioso. Ele permite avaliar a administração do bloco cirúrgico, o que compromete a assistência aos pacientes que estão na fila para realizar uma cirurgia.

Indicadores de desempenho para hospitais: financeiro

  • Taxa média de preços: mostra o preço médio que o hospital cobra de um paciente por um tratamento. Essa taxa pode ser uma média de todos os procedimentos ou mesmo de uma determinada categoria de tratamentos. Ela demonstra a eficácia do hospital sem ter perdas que comprometem o equilíbrio financeiro.
  • Salários de empregados: registra o valor dos salários (incluindo demais benefícios) pagos a todos os empregados permanentes que trabalham em período integral. Com ele, é possível determinar quais contratos valem a pena ser mantidos.
  • Tempo médio de processamento: mede o tempo e valor médio que as operadoras de planos de saúde repassam para o hospital. Quando muito baixo, indica que a organização recebe o pagamento mais rapidamente e há menos custos para o paciente.

Indicadores de desempenho para hospitais: emergência

  •  Tempo de espera: mostra a quantidade de tempo que um paciente precisou aguardar para ser atendido pelo departamento de emergência da organização.
  • Tempo de hospitalização: avalia a quantidade de tempo entre o momento que o paciente começa a sentir os primeiros sintomas e quando ele foi devidamente hospitalizado.
  • Número de desistências: indica o número de pessoas que não estavam dispostas a aguardar o médico e foram embora sem receber atendimento. Isso pode determinar se o hospital precisa de mais leitos ou pessoal.

Indicadores de desempenho para hospitais: satisfação do cliente

  •  Pacientes x equipe médica: demonstra o número de funcionários disponíveis por paciente, em um determinado período. Ele pode indicar se o hospital está com excesso ou falta de pessoal médico.
  • Erros médicos: mede o número de vezes que ocorreram erros na prescrição de medicamentos ou tratamentos. Aplica-se tanto para pacientes internados quanto para os que foram atendidos em ambulatório.
  • Satisfação do paciente: por meio de questionários, é possível medir a satisfação do paciente quanto à qualidade da assistência prestada pelo hospital. Dessa forma, é possível identificar pontos de melhoria no atendimento.

A partir desses indicadores de desempenho para hospitais, o gestor tem à sua disposição informações estratégicas valiosas que podem melhorar a administração e a qualidade do serviço prestado pela instituição.

Gostou do nosso conteúdo? Ficou com alguma dúvida? Entre em contato ou deixe sua mensagem nos comentários! Até a próxima!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer entrar na discussão?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *